Palmilhas Digitalizada

O QUE É PODOPOSTUROLOGIA?
É a área de conhecimento que estuda a relação entre os pés e a postura corporal humana. Também tem como objetivo promover a correta prescrição de peças podais e de palmilhas ao indivíduo. As peças podais surgiram de observações de podólogos europeus, médicos ortopedistas, neurofisiologistas e cinesiologistas que de certa forma iniciaram o estudo clínico voltado somente para a prescrição da palmilha ao pé sem inicialmente levar em conta a sua relação com a postura corporal.

BAROPODOMETRAI2USAR OU NÃO USAR PALMILHA PARA O PÉ PLANO?
O pé plano também é conhecido como pé chato. Não existe um consenso na prescrição de palmilhas para pés planos. Normalmente a indicação mais comum é uma palmilha para melhorar o posicionamento do calcâneo (pé caído para dentro) e uma peça podal para elevação do arco longitudinal medial. O pé plano é normal na fase inicial da vida de uma criança. Ele se forma por volta dos 5 a 8 anos. Caso isso não ocorra é interessante você sempre consultar um médico ortopedista pediátrico ou fazer uma avaliação com o seu fisioterapeuta.

 

COM QUE IDADE UMA CRIANÇA PODE UTILIZAR PALMILHAS?
Quando fica em pé e principalmente quando inicia a caminhar a palmilha já pode indicada. Normalmente a indicação mais comum é uma palmilha para melhorar o posicionamento do calcâneo (pesinho caído para dentro). Não esqueça que o pé de uma criança sempre vai ser do tipo plano. Com o tempo, por volta dos 5 a 7 anos ele se torna um pé que tem uma elevação na parte medial. É o arco longitudinal do pé que se desenvolve quando a criança anda descalço em vários tipos de relevos de solos. Sempre consulte um médico ortopedista pediátrico ou faça uma avaliação com o seu fisioterapeuta.


BAROPOMETRAI1BAROPODOMETRIA E ESTABILOMETRIA
Baropodometria Postural
É uma tecnologia de avaliação complementar. Auxilia na avaliação da postura corporal humana. Sendo um exame objetivo e quantitativo registra as pressões plantares sobre uma plataforma composta de sensores. Mensura e compara as pressões desenvolvidas nos diferentes pontos da região plantar tanto na posição em pé ou na marcha. Pode ser utilizada para comparar o pré e pós-tratamento.

Estabilometria Postural
Mensura as oscilações na postura ortostática. Pode ser denominada de oscilometria. Esta condição significa mensurar uma propriedade do corpo de se manter estável na postura ortostática.
Esta estabilidade é uma dinâmica da tensão muscular em direção ao equilíbrio. O que de certa forma reduz o indivíduo a um ponto que pode ser registrado em gráficos.

BAROPOMETRIA3Os resultados provenientes da estabilometria partem do pressuposto de que, se a postura se apresenta instável, maior será a tendência a um aumento da tensão muscular, maior gasto de energia, fadiga e maior e mais prolongado será a compressão articular. Fato que se persistir pode contribuir com o processo de degeneração articular (artrose).

 

 

 

 

 

Notícias


PODOPOSTUROLOGIA
Podoposturologia é uma área da ciência que estuda a influência dos pés na postura corporal e no equilíbrio ortostático.


Avaliação postural
Na avaliação são observadas variáveis posturais estáticas e dinâmicas. As palmilhas posturais podem promover a correção imediata das alterações.

Todas as palmilhas estimulam os neurorreceptores da região plantar. Como resposta, ocorre uma reprogramação na estratégia postural. A questão é se os estímulos podais desencadeiam uma resposta corretiva ou exacerbam alterações já existentes?

Ação das palmilhas ortopédicas é exclusivamente nos pés. Elas buscam a solução dos problemas localizados nos pés sem levar em conta a sua influência na postura corporal.

Ação das palmilhas posturais extrapolam os problemas dos pés. Muitas vezes são prescritas para corrigir variáveis posturais alteradas de indivíduos com pés normais e sem queixas podais.

Vantagens das palmilhas posturais
As vantagens têm uma ação postural. Promove o bom funcionamento do sistema músculo, esquelético, articular e postural. Atuam equilibrando as tensões entre as cadeias de músculos que envolvem o esqueleto. Agem imediatamente nos parâmetros posturais.

Peças Podais
Peças podais são fixadas nas palmilhas. As peças diminuem ou corrigem os desequilíbrios tônicos, proporcionam as simetrias, reduzem as disfunções nas informações que perturbam a postura, melhoram a distribuição do peso sobre os pés e melhoram o equilíbrio ortostático.

Peças podais agem no SNC
O SNC (Sistema Nervoso Central) regula a postura. Ele utiliza as informações dos neurorreceptores localizados na região plantar como forma de organizar a postura e o equilíbrio. O tônus dos músculos do corpo sempre reage aos estímulos que são efetuados na região plantar, seja através de relevos que são as peças podais ou de materiais como as várias durezas de espumas ou couro.

Tratamento
Tratamento com palmilhas posturais é complementar aos tratamentos médicos, fisioterapêuticos, odontológicos, ortópticos ou podológicos, outras técnicas estão associadas.

Este tipo de tratamento necessita de acompanhamento constante e é individual.

Quem indica e fabrica palmilhas, de maneira geral, tem pouco conhecimento sobre a complexidade do controle postural. Na maioria das vezes desconhecem a relação existente entre os estímulos da visão, dos mecanorreceptores plantares e da função do aparelho oclusal dental no controle postural. Esta falta de conhecimento pode propiciar alterações lesivas ao individuo.

Baropodometria Postural
É uma tecnologia de avaliação complementar. Auxilia na avaliação da postura corporal humana. Sendo um exame objetivo e quantitativo registra as pressões plantares sobre uma plataforma composta de sensores. Mensura e compara as pressões desenvolvidas nos diferentes pontos da região plantar tanto na posição em pé ou na marcha. Pode ser utilizada para comparar o pré e pós-tratamento.

Estabilometria Postural
Mensura as oscilações na postura ortostática. Pode ser denominada de oscilometria. Esta condição significa mensurar uma propriedade do corpo de se manter estável na postura ortostática.
Esta estabilidade é uma dinâmica da tensão muscular em direção ao equilíbrio. O que de certa forma reduz o indivíduo a um ponto que pode ser registrado em gráficos.

Os resultados provenientes da estabilometria partem do pressuposto de que, se a postura se apresenta instável, maior será a tendência a um aumento da tensão muscular, maior gasto de energia, fadiga e maior e mais prolongado será a compressão articular. Fato que se persistir pode contribuir com o processo de degeneração articular (artrose).

 

Boa navegação e aproveite todos os benefícios oferecidos.